Supressão de mata nativa gera dano de R$ 3 milhões. Ex-prefeito está entre os réus

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) condenou um ex-prefeito municipal de Biguaçu, três empresas do ramo imobiliário e mais três outros réus ao pagamento solidário de indenização, no valor de R$ 3 milhões, em favor do Fundo Municipal do Meio Ambiente daquela cidade. A indenização fixada diz respeito ao dano ambiental caracterizado pela… Continuar lendo Supressão de mata nativa gera dano de R$ 3 milhões. Ex-prefeito está entre os réus

publicado
Categorizado como Direitos